19 janeiro 2019

Presidente Bozoasno

um palhaço bagaço 
cagaço e arrego 
entre piadas e babacas
cagadas cloacas 
mamatas nas tetas 
patriota? 
um pateta 
entre patotas 
de patos 
um milico pinico 
hipócrita cômico 
de circo pocilga de charco 
um fraco um asco um asno 
um burro um tosco um bozo
um Fiasco.

17 janeiro 2019

Da Formação de Tempestades

sei que algo acontece.
o fundamental é o que está latente
aquilo que não mas que será à frente
que se move como sopro e tigre
que passa como nunca passado
e que se ergue em olho bem do teu lado

qual sábio é que garante
que um vento que se veste inofensivo
lá em processos desvistados
não se tornará tornado furacão?

há um outro nos envolve
em insondável onde:
há um ato que é fato
e há outro que se esconde

tudo traz um além-motivo
ainda que a ele (rindo)
não nos motivemos:
mas ele sempre sorri
acima do nosso riso

15 janeiro 2019

Posse de Armas: agora, Você tem Pênis

Uau! parabéns, você conseguiu, cara! Agora, por mais retardado e estúpido e impulsivo que você seja, se tiver mais de 25 anos, vai poder possuir arma de fogo. Veja bem, ter, não carregar a arma. Por mais pobre que você seja, vai poder pagar 5, 7, 10 mil reais por uma arma pra ter em casa. A geladeira, a televisão nova, o curso do filho, por exemplo, podem esperar.

Agora sim! A criminalidade no Brasil tá solucionada. Vai ficar mais fácil, por exemplo, matar o seu amigo filho da puta numa discussão. Matar a sua esposa, que não faz o que você quer, mais fácil ainda. Ameaçá-la, então, maravilha! Agora os lares vão funcionar!

O dia que você quiser se matar no impulso, beleza, vai ser um tiro! Ou o seu filho deprimido. Nem tem que pensar duas vezes. A bala entra num ouvido e sai pelo outro.

Ah, e o ladrãozinho que quiser invadir sua casa, esse não tem chance mais, você viu o cara, o cara tá morto. Ou ele, vendo que você tá armado, atira e mata você antes. Mas você atira bem pra caralho, né, vai pagar cursinho de tiro, sem galho! Ou vai treinar caçando vea..., digo, javalis.

Mas mesmo não podendo, você vai carregar a arma com você, né, eu sei. Você ou o seu filho de 17 anos. Vai chegar no bar armado, tomar uns tragos e mostrar pra todo mundo, que, agora, vão ter que te respeitar. Você vai querer mostrar que sabe lidar com uma arma, e se der um tiro por acidente e pegar em alguém, qual o problema?. Afinal, "SE MORRER ALGUNS INOCENTES, TUDO BEM!" Desde que o inocente não seja você ou o seu filho, né, beleza!

E se tiver no bar algum bandidinho que viu sua arma e quer pra ele, e vendo que você tá bêbado, vai te esperar na saída, você vai mostrar que é macho, vai sacar a pistola, e antes que posso puxar o gatilho, vai tomar uma facada no bucho, que nem o mito.

Você conseguiu, cara, você é show. Macho! E, agora, com pênis!

13 janeiro 2019

Para quem sabe o que são Flatos

os homens com suas moedas
se acham vastos
mas são só vasos

os homens com suas metas
se acham vultos
mas são só vulgos

os homens com suas armas
se acham forças
mas são só farsas

os homens com suas regras
se acham retos
mas são só ratos

os homens com suas naves
se acham fogos
mas são só fátuos

os homens com seus gases
se acham fatos
mas são só flatos

10 janeiro 2019

Preparação para o Nada

o homem não vive: só se prepara.
nasce. e se prepara para crescer
e crescer, dizem, é preparar-se para a vida
(que nunca se vive)
depois é estudar para se preparar
para mais estudo e para decidir
para que, depois, vai se preparar
com mais detalhes e dedicação

o depois é se preparar para trabalhar
que o trabalho é uma preparação
para outras coisas mais
que ou são nada
ou quando vêm não já bastam
e então se prepara para o que falta
que nunca deixa de faltar
e para que não falte o que faltará
a gente se prepara

e por fim se prepara para
quando se ficar velho
e quando se fica velho
se tenta se preparar 
para a Morte...

e no Fim
nunca estamos preparados

08 janeiro 2019

Vinho de Uvas Podres

eu não sou o que escrevo.
o que digo está em mim
como algo que eu vi e me ficou
ou como algo que busquei e me encontrou
ou a mim veio  como algo que me quis
mas não é onde me estou

não se pode me encontrar
pelo que deixei escrito:
o que escrevo é o que crio
a partir do que me destruo
é um resultado como aquele vinho
que se cria das uvas podres:
o que escrevo é a fermentação
do que me apodrece

do que se sente e o que se vive
do que se perde e o que se morre
do que não é e o que não vem
do que se passa e o que será

eu não sou o que escrevo.
mas em verdade tudo o que sou
é só o que escrevo.

06 janeiro 2019

O Óbvio

escrever é perceber o óbvio:
nada é mais difícil de ver
do que está diante dos nossos olhos

se colocarmos a página de um livro
muito perto de nosso campo de visão
não conseguiremos ler

dito isso
qualquer criança sabe
que após um tempo de muito calor e seca
de condições climáticas estéreis
de crescente pressão atmosférica
em que o abafamento o sufoco a opressão
se tornam insuportáveis
o resultado inevitável
são tempestades temporais tormentas tremendas
caos pânico destruição

porém sem essas tempestades
a vida não poderia continuar

mas não se percebe que é por algo do tipo
(só que muito maior)
por que passa a humanidade

a isso chamamos "O Óbvio"

de modo que
em tudo que escrevo
estou explicado

04 janeiro 2019

Palavras no Abismo

("A Parábola dos Cegos", de Bruegel)

não há mais palavras a serem ditas

a quem já ergueu a perna direita
para o passo a ser dado 
no vazio do abismo

não há mais palavras a serem ditas
não porque não há o que ser dito
(há tanto que é melhor calar)
é que não há o que ser entendido
no sentido de que não se entende
o significado do que está escrito

a palavra, que é o que diz
deixa de dizer
quando mesmo dizendo
o que se diz não é captado:
há comunicante mas não há comunicado

em outras palavras
a palavra se perde
e com ela a verdade:
a cada palavra que some
morre um pouco de fim e de fome
essa abismada humanidade

02 janeiro 2019

(Des) Governo Bolsonaro: Começou a Palhaçada

Alguns pontos, sobre esses dois dias do princípio do que será o pior governo da história do Brasil:

1) Bolsonaro, após a posse mais vazia da história, igual a sua cabeça, ao invés de reajustar o salário mínimo para 1006 reais, como era pra ser, fixou em 998. Por que, diabos, ele não deixou em 1006, apenas 8 reais a mais? Deve ser porque pobre não pode ganhar mais de mil reais por mês.

Depois do blablablá, da fanfarronice e da hipocrisia de sempre, segundo o que li hoje na imprensa sobre a posse, Bolsonaro mostra ao que realmente veio: para um governo CONTRA O POVO. Mesmo podendo dar o que estava previsto por Temer para o salário mínimo, que já era pouco, deu menos ainda. De 1006 reais baixou para 998. Foi o MENOR AUMENTO DOS ÚLTIMOS 24 ANOS. Agora entendi porque os poucos bolsonetes vaiaram Temer (afinal, o Bozo e o seu ridículo PSL foram os seus maiores apoiadores): Temer queria dar um aumento maior para o salário mínimo.

2) Falando em blablablá e em hipocrisia, ontem tivemos, na posse, discursinho em libras da 1ª primeira rama, digo, dama. Hoje, tivemos a extinção da Secretaria de Inclusão, que era a que cuidava, por exemplo, das pessoas surdas e com deficiência auditiva.

3) Para fazer jus à sua campanha, a posse do Bozonaro deveria ser por live, aqueles seus vídeos hilários, na internet, com ele em casa, apresentando atestado médico pra o Temer, e as notícias sobre a posse, todas fakes, enviadas por Whatsapp.

4) Bolsonaro decretou, hoje, que a demarcação de terras indígenas ficará a cargo do Ministério da Agricultura. Que está na mãos de ruralistas. Ruralistas odeiam índios, porque querem suas terras para devastar, explorar e lucrar em cima delas. Ou seja, palhaçada!

5) O Bolsobosta, hoje, também pôs um fim no conselho defensor de alimentação saudável e sem agrotóxico. Claro, pensando no povo.

6) Agora, é só aguardar o avalanche de merda que virá nos próximos dias, meses, anos, fruto da sua imensa e ilimitada bolsa de bosta que tomou posse, simbolicamente, ontem com ele. 
É como disse Dante Alighieri sobre o Governo Bozo:

"Deixai toda esperança, vós que entrais".

31 dezembro 2018

Planos Metas Objetivos

as pessoas falam
em planos metas objetivos
sucessos e conseguimentos
a serem atingidos
e nem sabem se estão vivos

querem chegar a um ponto
e quando chegam (se chegam)
é só isso
e pronto
(e surgem a miragem
do outro ponto)
e nunca se vive
o ponto em que se está

se tem coisa que a vida nos ensina
é que não somos nós
que levamos a vida:
quem leva é a sina

as pessoas babam
em planos metas objetivos
e eu rio:
não sabem que o único plano
é ao que nos leva as águas sábias
do rio

28 dezembro 2018

Maldição

não sei nunca saberei por que escrevo.
não há nada que eu ganhe no que faço
nem dinheiro nem glória nem abraço
nem curo meu mal e em nada me inscrevo

talvez seja assim meu último credo
único som que deixo como rastro
único sangue a valer meu cansaço
única forma em que sou meu segredo

vale tanto porque não vale nada:
o que vale não merece seu preço
só vale a vida que nos é não dada

escrever é conhecer que me esqueço
sentir o não-ser da vida alcançada
em que serei morto e em que permaneço

25 dezembro 2018

(Não)-Mensagem de Natal

 as pessoas querem de mensagem de natal
qualquer texto banal que fale de amor felicidade esperança 
um amontoado pré-determinado mecânico automático robótico de palavras positivas
votos vazios vazados de (in)verdades vagas
algo que fale em paz perdão jesus
a ser esquecido antes de ser lido
pretensas espiritualidades a serem estouradas com champanhes foguetes e peidos pós-ceia...

hoje quando acordei um sabiá cantava na janela
e eu prestei atenção no seu canto:
essa foi a minha mensagem de natal
e não poderia haver melhor

22 dezembro 2018

Eu não aprendi a viver

eu nunca aprendi esse negócio 
de "aprender a viver"
eles dizem: 
"você tem que aprender a viver" 
mas eu nunca entendi 
o que eles queriam dizer com isso
quando eles deram essa lição
eu devia estar cagando

eles determinaram exatamente como se deve viver:
eles criaram regras normas leis padrões modelos
teorias tratados cartilhas manuais e morais
coisas bem difíceis e complicadas
e eu na minha preguiça e irresponsabilidade
fiquei só lendo coisas inúteis como contos e poesias
e não aprendi o que deveria ter aprendido

agora estou aqui e não aprendi a viver.
eu achava que a vida fosse como escrever um poema:
você inicia, diz o que veio pra dizer
e termina em grande estilo ou nem tão grande assim

mas eu só aprendi a escrever poemas
(mal e porcamente)
e não aprendi a viver
não sei fazer outra coisa

uma época eu achava que viver
tinha a ver com se tornar melhor
mas eles já me provaram
que não é nada disso

e eu, burro, nunca consegui entender.