18 julho 2018

Doença da Observação

I - é preciso se ir contra os humanos
se queremos nos tornar mais humanos
só se faz algo pela humanidade 
quando se combate a humanidade

II - acreditar no ser humano
é uma doença da observação:
acreditar na humanidade 
é a ausência de se olhar no espelho

16 julho 2018

Definição Breve de Artista

ser artista é destruir-se:
só se alcança o sentimento alheio
destruindo o sentimento próprio. 
mas não por destruí-lo
e sim por excedê-lo
e além do excedê-lo
que é o esgotá-lo.

13 julho 2018

Receita de um Homem de Bem

se começa não se olhando no espelho
depois já nem vê
mais os próprios defeitos
e nem se faz mais nenhuma cagada
(fisiológica inclusive, na privada)

depois só vê em si qualidades
entre reais fictícias hilárias fiasquentas

então já é quase perfeito
e sabe que é rico não sendo
e sabe que pode nada podendo
e não fala palavrão nem fodendo

depois já se julga melhor que todos
capaz de tudo que é bom
capaz de nada que é ruim

de modo que já pode (e deve) julgar os outros
(os outros, aqueles inferiores)
e decidir quem presta quem não
(como um favor que faz à nação)

e quer aplicar punições castigos
sabe o que pode o que é proibido
“se não fizer aquilo que digo”

depois se puder matar
(visto que é homem divino)
tanto melhor:
“eu decido quem é bandido”

pronto:
está formado um herói da pátria 
um homem de bem:
bem fanático
bem ridículo 
e bem fodido

Finais da Copa 2018: palpites

Para a final da Copa, acertei França, errei Croácia. O jogo entre Inglaterra e Croácia foi um dos melhores jogos da Copa, equilibradíssimo e empolgante, com chances para os dois lados a todo momento. A Inglaterra dominou o primeiro tempo, a Croácia equilibrou no segundo e dominou na prorrogação. O que me surpreendeu, porque a Croácia vinha de duas prorrogações seguidas, mas superou o cansaço e derrotou a Inglaterra com persistência e muita garra. Embora meu palpite fosse Inglaterra, torci para a Croácia. 

Mas na final, vou manter minha coerência: vai dar FRANÇA. E também torço para a França. Acho que a Croácia já fez a sua Copa e atingiu o seu limite. A França vai muito mais descansada, conta com um time mais talentoso, mais rápido, é tão bem montada como a Croácia e tem a tradição a seu favor. E, como tenho dito: o time da França não vem cometendo erros.  Na disputa do Terceiro Lugar, aposto na Bélgica. Não há dúvida de que a Bélgica é mais time que a Inglaterra, assim como a França é mais time que a Croácia. No entanto, é claro, melhores times nem sempre vencem.

11 julho 2018

O Oprimido não se julga Oprimido

I - o oprimido não se julga oprimido
porque acostumou-se com a opressão:
oprimir é fazer-se acostumar
depois que se acostuma tudo se torna bom
e se vive só de pão.

II - opressão é convencer o oprimido 
de que ela não existe
a não ser de longe: 
o oprimido só vê os outros
como oprimidos.

III - “saber o seu lugar"
é o lema da opressão.

IV – o objetivo da opressão
não é mais fazer escravos.
escravos ainda estão vivos.
o objetivo atual da opressão 
é transformar pessoas em máquinas.

08 julho 2018

Paisagens (também) Rio-Grandenses

a desolação sem fim das lavouras de soja
o sangue (e o cheiro) dos zurrilhos esmagados nas rodovias
as matas ciliares que acabam em três metros
as dunas de areias dos rios assoreados
as fendas gigantes das erosões pelos campos
o colorido sujo dos plásticos na beira das sangas
as névoas cinzentas nos horizontes queimados
os desertos verdes das plantações de eucaliptos
o alastramento do caos das misérias urbanas...

a estátua do laçador enforcada num angico seco

07 julho 2018

Semifinais da Copa 2018: palpites

Nas quartas de finais, mantive meu aproveitamento das oitavas, 75% de acerto. Errei a aposta arriscadíssima no Uruguai. Agora, nas semifinais, acho que não haverá surpresas:

França x Bélgica: França. (Duas grandes seleções, com grandes jogadores de cada lado. Mas a França é um time que praticamente não tem cometido erros e tem mais tradição, que sempre pesa em decisões.)

Inglaterra x Croácia: Inglaterra. (A Inglaterra não empolgou, nunca empolga, aliás, mas fez uma grande partida contra a Suécia e tem melhores atacantes que a Croácia. E também deve pesar a tradição a seu favor.

Creio que a grande final será entre duas campeãs mundiais, França e Inglaterra, e teremos mais um bicampeão a se unir a Argentina e Uruguai.

05 julho 2018

Preparação para a Vida

tornei-me fã
de tudo que se arrasta
daquilo que é rastejo e torto e excreto
de tudo quanto é rato
e agora eu estou apto
a me inserir no que é progresso

tornei-me fã
de tudo que degrada
daquilo que é esterco e escroto e resto
de tudo quanto é lixo
e agora enfim eu posso
produzir pra o capital

tornei-me fã
de tudo que não vale
daquilo que é vergonha e esgoto e mosca
de tudo quanto é bosta
e agora eu estou pronto
para viver em sociedade

03 julho 2018

Quartas de Final da Copa 2018: apostas.

Acertei 6 das 8 seleções que foram classificadas para as quartas de final da Copa da Rússia. Errei nas apostas em Argentina e Espanha. Acho que está bom, 75% de correção.  Agora, os palpites para as quartas:

França x Uruguai: Uruguai. (Eu tinha apostado na França como campeã da Copa depois da sua vitória contra a Argentina, e, talvez, ela realmente o seja. Mas vou arriscar, e muito, neste palpite. Vou apostar e torcer para o Uruguai. Mas se a França passar pelo Uruguai, e as chances são grandes, óbvio, será a campeã, acredito.)

Brasil x Bélgica: Bélgica. (Também palpite arriscado, mas o Brasil ainda não jogou contra um time realmente forte até aqui. A Bélgica vai ser o primeiro. Não sou dos que acham que o Brasil está jogando um bolão. E, não sei por que, desde o início da Copa, tive a impressão de que o Brasil vai sair nas quartas de finais.)

Croácia x Rússia: Croácia. (Bom, acho que a Rússia já foi longe demais, contou mais com a sorte e com a falta de objetividade da Espanha do que com o seu futebol, que é esforçado, mas bem limitado.)

Inglaterra x Suécia: Inglaterra. (Acho que a Inglaterra tem um pouco mais de futebol que a Suécia e atacantes melhores. Mas, se vencer, vai ser com muita dificuldade.)

30 junho 2018

Sobre Copas

qualquer um que queira
melhorar a humanidade
perderá uma Copa todos os dias
porque não vence nem a si mesmo

não adianta:
nós não mudamos
a não ser de capa

é sempre do outro a culpa
e nunca se sabe amar

o melhor é encher o copo a cara
na Copa
do bar

28 junho 2018

Oitavas de Final da Copa 2018: meus Palpites

Na Copa de 2014, ainda durante a fase de grupos, afirmei que a Alemanha seria tetra. Depois, acertei TODOS, todos mesmo, os palpites dos jogos das oitavas de final até as semifinais. Isso pode ser conferido nos links a seguir:  este, este e este

Agora, meus palpites para as Oitavas de Final da Copa da Rússia:

França x Argentina: Argentina. (Jogo dificílimo, mas acho que a Argentina sai fortalecida após a classificação dramática. A França tem um time fortíssimo e bem montado, mas falta experiência para os jogadores. E a Argentina tem a tradição de crescer nos momentos difíceis.)

Uruguai x Portugal: Uruguai. (Uruguai tem um time bem mais organizado, mais bem montado e equilibrado que Portugal, que depende muito da inspiração do Cristiano Ronaldo.Mas se o CR estiver muito inspirado...)

Espanha x Rússia: Espanha. (A Rússia, apesar de dona da casa, foi mais fogo de palha nos primeiros dois jogos, contra adversários fracos.)

Croácia x Dinamarca: Croácia. (A Croácia tem um time muito mais forte que o da Dinamarca, é grande favorita.)

Brasil x México: Brasil (Mas o Brasil não está com um time forte não. Faltam jogadores decisivos, a zaga é falha, Neymar é mais piada e mídia do que craque, principalmente quando se trata de seleção. Acho que passa pelo México, mais pelo peso da camisa, mas tenho minhas dúvidas.)

Bélgica x Japão: Bélgica (Não há nem comparação entre os times, em tese, o jogo mais fácil das oitavas. Em tese...)

Suécia x Suíça: Suécia (A Suécia é mais time e tem melhores jogadores que a Suíça.)

Colômbia x Inglaterra: Inglaterra (Não será um jogo relativamente fácil como alguns pensam, a seleção colombiana não é fraca e tem bons jogadores. Mas, embora eu vá torcer para a Colômbia, acho que vai pesar a camisa da Inglaterra e o faro de gol dos seus atacantes.)

25 junho 2018

Tudo já foi Dito

escrevo porque só sei fazer isso.
não sei se digo alguma coisa.
quando digo, se digo, faço inimigos
porque o mundo é formado pelos que não dizem.
ninguém gosta que se diga
dizer exige que antes se pare com tudo:
mas não se pode parar
no mundo em que tempo é dinheiro
em que se viver se reduz ao que se produz
em que o bem se resume a ter mais bens
(lembram do "Foi Deus que me deu"?)
em que ser bom se reduz a ser O bom
em que ser alguém é deixar de ser humano

a humanidade desvive
a humanidades desfaz-se
nosso caminho é o da desumanidade:
por não querermos parar com nada
acabaremos por acabar com tudo.
isso (admito)
talvez seja o único ainda a ser dito

23 junho 2018

Campanha de Camiseta

"seja você mesmo”
diz a sociedade mesma
e diz a mesma coisa a todos
seja você mesmo desde que seja o você mesmo
aceito pelos outros mesmos
que no fundo são sempre os mesmos

“seja você mesmo”
diz o cara moderninho
e diz o cara conservador
zinho
autoajudante e pleonástico
que é tão mesmo em sua mesmice
quanto todo mundo mesmo:
qualquer um que destoe
será julgado condenado preso

e pensa que não é
como todo mundo
ensimesmado em ser igual
aos iguais

que gostam andam agem
pensam sentem dizem fazem
o mesmo
sendo eles a esmo
bem como mandava a camiseta
com os dizeres: "seja você mesmo"
e todos vestiam a mesma

20 junho 2018

Nós, estes nadas

nós, as pessoas
tanto falamos em conhecer a verdade
que a verdade nem fala
ao que nem conhecemos

enquadramos a verdade 
dentro de nossos próprios quadrados
e desconhecemos nossa própria quadra

passamos pelas ruas
a perpassar ignoradas passadas
e nem percebemos
pelo que passamos a dois passos:
nem olhamos ao alto nem ouvimos as aves

das abertas palmas das mãos
largamos sorrisos em palmas
mas não apanhamos nada
nem a dois palmos a frente dos olhos
nem a dois palmos
adentro das almas

e quando vemos 
estamos a sete palmos 
abaixo da terra