08 junho 2011

A Palavra que Não

qual é a palavra que é a necessária?
qual é a que deve ser dita?
qual afinal a sua dita?
devo encontrar o que não pode
em contra algum vir de encontro?
talvez  ela existir
seja o meu próprio confronto
talvez resulte em palavra mágica
que ao ser dita me desfaça
veneno tragado
como vinho em taça
ou talvez seja exata a aquela
que a(s)cende o que é febre na vela...

há uma
palavra
perdida em tudo que faço
tudo que faço é lançar o meu laço
em meio do horror em que escrevo
que se caótica aceso
aquela palavra que Deus disse
que talvez não (me) existe:
pensei que estivesse
nas auras de algum átomo
e depois
na deusa de uma estrela...

(eu que a busquei tanto)
encerro este poema
sem ter conseguido dizê-la

por enquanto...

8 comentários:

Ligéia disse...

Reiffer... To tão pra baixo... Procuro uma palavra, uma palavra perdida. Ela está em algum lugar da vida. É uma palavra perigosa, de dois significados: sim e não. Depende de quem a encontrar.

Abraços.

Milton Ribeiro disse...

Tenho vindo pouco aqui e o motivo é o mais imbecil possível. Costumo ler os blogs no Google Reader e as letras do teu blog -- brancas ou quase (lembre que sou daltônico) -- ficam quase ilegíveis lá. Vou me disciplinar para clicar e vir ao blog. Afinal, acabo de ver que perco muito não fazendo isso.

Lili Rebuá disse...

Parabéns, Reiffer pelos seus belos textos...Desde de já, agradeço sua visitinha... O seu blog tá lindo e o conteúdo é sem palavras.rs.rs...
Abraços poéticos!

Carol Morais disse...

E que palavra é essa? Pura fonética! E as palavras que não são ditas e nem pronunciadas na mente? A palavra que se sente, enfim?
Belíssimo texto!

C. disse...

Tantas sao as palavras que nao conseguimos dizer, muitas vezes!

Meme Vergara disse...

impecable como siempre.

beijo

C. disse...

Oi bonito!
sabe que já escrevi uma frase, exatamente no teor da que me deixou sobre almas gêmeas???
Você nao imagina o quanto eu fui crucificada de "egoísta", masss... acho que estarmos bem com nós mesmos, e principalmente, gostar do que vemos, nao poderemos ser uma alma "gostante" para alguém.

E falando nisso, um dia dos namorados cheio de amor por aí!

C. disse...

Faltou o "se nao gostar" no meu coment.....