12 dezembro 2012

O Maldito Baudelaire sabia como tratar a Humanidade

O gênio iniciador da literatura moderna, o (em seu tempo) odiado e execrado Charles Baudelaire legou-nos uma série de delirantes e impiedosos poemas em prosa. Hoje, como uma mensagem de Natal levemente antecipada, deixo um desses poemas. Querido leitor, abaixo, aprenda como tratar o público:

O Cão e o Frasco


— Meu belo cão, meu cãozinho, meu querido totó, vem cá, vem respirar um excelente perfume comprado no melhor perfumista da cidade.

E o cão, agitando a cauda, o que é, suponho, entre esses pobres seres, o sinal correspondente ao riso e ao sorriso, aproxima-se e, curioso, põe o nariz úmido no frasco destampado; mas subitamente, recuando de susto, late contra mim, à maneira de reprimenda.

— Ah, miserável cão! se eu te houvesse oferecido um embrulho de excrementos, decerto o cheirarias com delícia e talvez o tivesses devorado. Assim, ó indigno companheiro de minha triste vida, tu te assemelhas ao público, a quem nunca se devem apresentar perfumes delicados, que o exasperam, mas imundícies cuidadosamente escolhidas.

Charles Baudelaire

4 comentários:

Davi Machado disse...

Mas muito bem lembrado!

"uma mensagem de Natal levemente antecipada"

o nome disso é veneno velado haha
show de bola!

Janice Adja disse...

Ele estava certo.
Beijos!!!

Felipe Terra disse...

Poderíamos oferecer um embrulho de excrementos à todos que nos sentem repulso e que nos cheiram mal...


Abraço Al,
do Felipe.

Anônimo disse...

Wοndегful blog! I found it whilst
browsіng on Yahοо Neωs.
Do you've got any suggestions on how to get listed in Yahoo News? I'νе been attempting
to get а when but Ι neνеr eѵег appеar to
bе to get there! Thanks

My blog ρost :: related website