11 abril 2012

do Aquecimento Global

planeta cada vez mais quente...
o silêncio de serpente 
do calor em surdina
de grau em de grau
cálida mão do calor
que acaricia o mundo todo...

rios que secam
geleiras que derretem
mares que se aquecem
seres que se extinguem
camadas que se furam
terras já desertos

mais calor pelo mundo
ano a ano...
mas segue o caminho inverso
vai na contramão
o meu humano
coração sombrio...


planeta cada vez mais quente
coração cada vez mais frio

4 comentários:

Alê disse...

Será que a medida que a casa-mãe 'esquenta' nós nos tornamos mais 'gelados'? Afinal: fomes, guerras, destruição, poluição, corrupção, etc... São chagas que cada dia, crescem mais,

Bandys disse...

Um aquecimento global,
onde só falta o coração.

Gostei,

Bjs

Nadine Granad disse...

"de grau em de grau"... sensacional!

Engraçado... matéria densa e de uma leitura levíssima...

Adorei!

Beijos =)

À Caminho da Vida disse...

ÓTIMO TEMA, CONTEXTO E DE PROFUNDO SENTIDO.
Gostei!