25 dezembro 2010

Há Perigo porque Há Silêncio...

olho de gato
que sentes tudo
sem perderes o gelo
que tudo sabes
sem dizeres palavra
olha por mim
como se eu te orasse
ora por mim
como se em ti sentisse...

és todo sentido
e indiferença
vês do todo o sentido
sem ver o sem-sentido todo
da filosofia e da crença...

no teu passo felino
há à presa perigo
porque nele há silêncio

e etéreo...

a quem te agride com a pedra
tu respondes mistério...

amigo
traze geada ao meu frio
e sentido
ao meu sentido
não, nenhum humano...
tu, Gato
és meu exemplo a ser seguido.

8 comentários:

Gisa disse...

Amo gatos! Lindo poema. Um bj.

Lully disse...

Olá Reiffer
vim por indicação da Gisa, amei teu espaço. Te sigo a partir de agora =)
Beijo e Feliz Natal!

Davi disse...

Gosto quando você versa sobre algum animal, não é uma coisa que se vê facilmente.

Mirze Souza disse...

REIFFER!

Existe coisa mais gostosa e filosófica que conversar com um gatinho? Sempre conversava com a minha, e ela era sábia.

Percebi que seu felino tem ou pode ter duplo sentido, há mistério, enfim coisas do além?

Mesmo assim, gostei.

Beijos, poeta!

Mirze

Lika FRÔ disse...

"vês do todo o sentido
sem ver o sem-sentido todo
da filosofia e da crença..." Oloco! Preciso conhecer esse gato. Estou no 4º ano de filosofia e ainda não consegui o que esse gato conseguiu :P

Beta disse...

Caramba! Lindo seu post e palavras !!
Estarei te seguindo
Beijo

Pink disse...

Adoro gatos e suas palavras definem bem a alma misteriosa desses fofinhos.Eles são sim exemplos a serem seguidos... são extremamentes equilibrados, limpos e de uma elegância ímpar.

Querido, tenha um ótimo 2011.

Beijos

Neuzza Pinhero disse...

vc transformou um gato em oráculo.
Isso é imenso e é poesia da mais
felina, tem o movimento dos que enxegam no escuro.
Te deixo um poema que fiz há tempos, sobre o mesmo tema, desejando que os seus sentidos estejam sempre a mil . AbrÇOS

Gatos...
sempre mantém
aquela postura de pluma
e lá se vão
uma a uma
pé ante pé
pétala sobrepétala

como se pedra fosse espuma...