25 outubro 2010

Poema Suicida (sobre Palavras de Brahms)

“Na capa (da partitura) deverá ser colocada a imagem de uma cabeça com uma pistola apontada para ela. Creio que isso dará uma ideia dessa música. Tratarei de enviar uma foto minha”. (Comentário de Johannes Brahms sobre seu Quarteto para piano e cordas nº3, Op.60)

ah quem me dera
poder isso dizer de uma arte de mim vinda...

ser o alto da expressão máxima
do último adejo de asa
que faltou para o derradeiro degrau
um olho que sempre esteve ali chamando
e que a um passo da visão extrema
perdeu no voo uma pena
e não deu sinal...
o ciclone que arrastava do vulcão ao abismo
a catedral que o sol sangrava
despencada por um sismo
e a tênue teia entre o amor e o fatal...
o que se ergueu e que depois se foi expulso
o sonho o nunca o nada o pulso
e coisa e tal...

apesar do sem-fim do sentimento
que me alarma
eu não passo de um sublime fracasso
que me alarma...
meu amado amigo Brahms:
empresta-me a tua Arte
ou a tua Arma...

13 comentários:

Vampira Dea disse...

O fim, a morte, não parecem feios vendo através desse poema, fica linda, maquiada...

Metáfora do Tempo disse...

Tua poesia é uma poesia de fôlego, de alma, de muita força. É diferenciada, sem dúvida. Abraços.

REGGINA MOON disse...

Reiffer,

Gostei muito do seu estilo de postagem...um poema forte, intenso...muito difícil de compor...

Parabéns pelo Blog e grata pela visita!!

Beijos,

Reggina Moon

Ju Fuzetto disse...

Intenso!!

Boa semana querido!

bjo

Mirze Souza disse...

Reiffer!

Um músico como você, passa o sentimento de outro.

Belíssimo poema!

Um forte abraço!

Mirze

Denise Portes disse...

Reiffer,
Você tem a sua arte e suas palavras são intensas e me invadem mudando o meu olhar.
Beijo
Denise

Lara Amaral disse...

Maravilha essa força que funde as artes e todas as suas formas.

Abraço!

Katia Cristina disse...

Nem preciso te dizer que "plac, plac, plac!"
Sou tua fã!

Patrícia disse...

Não vou cansar de dizer que você escreve com a alma,encanta e embeleza com as palvras.bjssss

Katia Cristina disse...

Vai no meu blogger. Se ficar zangado eu deleto.

Davi disse...

suaves e fortes palavras
desfecho de ouro!

Ricardo Mascarenhas disse...

Katia tá certa. Tu escreve muito bem.

Ricardo Mascarenhas disse...

agora. outra coisa. Você tá igual o filho do Fabio Jr. na sua foto. rs