08 dezembro 2010

Tu és Deus

Tu, Tempo, és Deus...
Teu é o trono
que nos traga
a que Te trago
e a que me entrego
Teu é o trovão de thor
o troar do martelo
é Teu
ante o torvo do que tememos
és tigre
e treva
Tua é a tuba Tua é a trompa
Tua é a trombeta
na troça treda
da tormenta
Tua é do tormento
a taça trágica
e a traça tétrica
tumularmente arrastadas
às tampas das tumbas...

ave Tempo!
e o pulo preciso do Teu puma
e o peso do punhal no Teu pulso
e os passos do Teu compasso
e a pressa do Teu presságio
e a presa da Tua praga
que ninguém pisa e todos passam
e só Tu apagas...
Tu preparas o pesar
da tempestade
e só ao passar o temporal
é que Tu Tempo
(que o tempo passa...)
trazes entre as torres
o sol
da Verdade.

(na imagem, o quadro "O Triunfo da Morte", de Bruegel)

17 comentários:

Matheus de Oliveira disse...

Incrível, genial! E o final é de tirar o chapéu. Um abraço.

Aмbзr Ѽ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aмbзr Ѽ disse...

adorei a sequencia de versos, a força das palavras e cada figura do poema muito bem construido.

Mirze Souza disse...

Reiffer!

Você está certo. O Tempo é Deus!

E o poema...meu Deus!

Fantástico!

Beijos

Mirze

Vampira Dea disse...

O tempo é quem manda e como jogamos fora esse bem precioso e irrecuperável.Menino como vc joga bem com as palavras, não me canso de dizer.

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Simplesmente ARREBATADOR...sem mais palavras.

Beijinho
Sonhadora

betina moraes disse...

perfeito!

que bela Ode.

parabéns pela qualidade e trabalho minucioso com as palavras.


abraços.

Gisa disse...

O tempo, teu Thor, traz temperos e tempestades a nossas tormentas.
Passam os presságios permanecem os pressentimentos.
Um beijo querido amigo.

Kamilla Rodrigues disse...

gosteo muito.
=*

helen ps disse...

Bela composição, poeta, quase um trava-língua. Gostei muito do fechamento.

Abraços.

PAZ e LUZ

Michelle Buss disse...

Muito bom! Uma composição poética magnífica! Parabéns!

Mai disse...

Tempo, tempo és o senhor.
Tempus figit; tempus omnia revelat.

Uma ode ao tempo...Sinais do tempo e - O FIM.

Me impressiono com o modo como esgota de modo interminável as coisas ligadas ao fim.

e te admiro!

Davi disse...

Tempo. Tempo
ver o deus invisível, este que existe à luz de toda existência.
muito agradável o teu poema. Bom dia.

Ju Fuzetto disse...

Sem palavras!

Ficou maravilhoso, beijo amigo

Fєrnαndєz ♠♠ disse...

Um belo pela construido com uma boa dose de aliteração.

De mais mesmo!



http://terza-rima.blogspot.com/

Luna disse...

Caraaamba Reiffer..nosssa..rs
Q magnífica construção em
cima do ''T''..
Vc usa as palavras de forma
especial, brinca com elas
nos mostrando a intimidade q tem com as letras.

Adoro teu estilo único , parabéns!!!

Bjus no teu ♥

Agnes Mirra disse...

Incrível! E cheio de "T"...Muito bom!