19 dezembro 2010

Três Rápidas Considerações Meio-Poéticas

I

para toda vontade
existe um senão.
há quem queira seguir uma estrada
sem obedecer a sinalização.

II

o bom da ironia
(e isso não é uma ironia)
é que ela faz graça
sem trazer alegria.

III

percebo que o mundo
está em perfeito equilíbrio:
há um lado áspero
e outro liso...
o planeta me causa choro
a humanidade me causa riso. 

12 comentários:

Agnes Mirra disse...

3 tiradas rápidas e muito poéticas! E muito boas também!

Zélia Guardiano disse...

Adorei suas considerações, meu querido!
Você , realmente, sabe lidar com as palavras.
Maravilha...
Abraço

Bruna Camargo disse...

Gostei da maneira como encaixa as palavras!Ótimas considerações, a da ironia é genial.Estou seguindo, e parabéns pelo blog!
Um abraço!

Zélia Guardiano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sonhadora disse...

Meu querido

Apenas o riso...não o sorriso,pode chorar por nós.
Profundo como sempre.

Beijinhos
Sonhadora

Pink disse...

Adorei as tuas considerações poéticas e faço delas as minhas.

Beijos

Gisa disse...

Vontade, ironia e equilíbrio trés considerações muito pertinentes.
Um bj querido amigo. Sempre gosto de passar por aqui.

Claire Minuet disse...

Três...
a última fechou com chave de ouro menino!
ebriante!!!

Amanda Arrais disse...

Eu não costumo gostar tanto de poesias, a não ser dos célebres escritores, mas as tuas são realmente encantadoras.
Amei!

=*

Neuzza Pinhero disse...

a humanidade atrapalha
mas um dia acaba;
basta um movimento mínimo e...
buuummmm! adeus...


abraço

Mirze Souza disse...

Que espetáculo Reiffer!

Nas três estrofes, grandes verdades, mas a última está sensacional!

Beijos, poeta!

Mirze

guímel disse...

Maravilhosas tiradas poéticas!

Desejo um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de Felicidades .

Bjsss