18 outubro 2010

Oração – Alerta

Tu
cujo Nome não me é dado distinguir
nem dizer-me mesmo a mim
faz que eu esteja sempre atento...

ao não e ao sim
além do máximo que me for possível
faz que me seja óbvio o que é óbvio
e uma antena oculta ainda que trágica
além do trágico do que é invisível...

faz que não me escape nem o nada
nem o mínimo movimento que se esconde
e que eu sinta o todo o onde o cada
o que não pode o que não há o que não veja
como a presa percebe a cobra
como a cobra pressente a presa

que eu esteja
em cada pulsar de veia
em todo sinal que vibre
como o tigre persegue a presa
como a presa se esquiva ao tigre

faz que eu capte o gesto e a íris
o dilatar-denúncia da pupila
o sonho o vago o sem-saída
o sorriso amarelo da esperança
o falso sol em ouro que me brilha...

faz que eu esteja sempre atento
ao sangrar do crepúsculo do tempo
ao que está aqui fora
e mais ainda
ao que está lá dentro...

8 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
Simplesmente belo...o fim do fim.

faz que eu esteja sempre atento
ao sangrar do crepúsculo do tempo
ao que está aqui fora
e mais ainda
ao que está lá dentro...

Beijo
Sonhadora

Sandra Botelho disse...

Maravilhoso...
Bjos achocoaltados

girlsexy disse...

Hello my friend, Your site is great, good job you do.

I also created many blogs but not good like yours,So please


could you exchange link with me?

Here are my blogs. you could choose to exchange ,

http://khmernewstoday.blogspot.com/

http://www.khmergay.net/

Zélia Guardiano disse...

Simplesmente maravilhoso, meu querido!
Lindo, emocionante, feito de sensibilidade pura.
Parabéns, Poeta!
Abraço trespassado de admiração

Mai disse...

Uma oração ou um grito.
Parece o último lampejo de um niilista, num apelo invertido, pelo que lhe resta em meio aos tantos nadas.

Belo, triste e complexo, como todo fim.

Mirze Souza disse...

Fascinante, Reiffer!

Uma oração que o mundo que padece merece ouvir e não só, seguir esse exemplo de atenção que você sempre demonstra para com tudo!

Um forte abraço!

Mirze

Lara Amaral disse...

Muito lindo, adorei. =)

Abraço!

Agnes Mirra disse...

E eu estou sempre atenta a sua arte!