27 julho 2010

Manter Silêncio...

vós sois
como os felinos:
não atendem aos chamados...

voz só
sem ecos ressoados.
por isso
esqueço
e emudeço:

silencio-me
    e   cio-te

7 comentários:

Agnes Mirra disse...

Lacônico, mas diz muito... Perfeita composição Amigo!

Black Crow disse...

Tudo a ver com o que passo no momento.
Gostei.

Black Crow disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mirze Souza disse...

Reiffer!

Belo poema, quase um solo!

O "vós" deu um tom mais formal e profético!

Eu gostaria de ser felino.

Beijos

Mirze

Aurellius disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aurellius disse...

Esta é para aqueles que possuem alma felina e que sabem como é ser assim, principalmente à noite! Goste muito! Abraços

Michelle Buss disse...

Surpreendente!

A cada verso que leio teu, gosto mais da tua arte!