20 janeiro 2009

e o Medo...

sempre haverá uma dúvida
em tudo aquilo que duvidas
nunca não-haverá uma dúvida
nas coisas todas que tens certeza
jamais terás a certeza certa
que sempre restará um resto
um resto de astro do sonho
uma nota de alma do som
uma brisa de dor pelo beijo
um sopro de céus nos teus lábios

achas que bebeste
toda a gota do vinho?
e que não há vinho de sol nos teus olhos?
que não há olhos pra onde tu enxergas?
que não há luz nos cantos que sim?
e que há um sim pra todos os nãos?

olha bem pra onde está mal
vê de tudo que nunca foi dito
que ali do fundo que pensas
da taça sobrou uma gota
de sangue no canto da boca
e esta gota é que bebo
que nela que está a verdade
e o Medo...