29 maio 2015

10 Motivos (de sua vida pessoal) para o Al Pacino ser meu Ator Favorito


Não, não vou falar dos filmes,  papéis e atuações que ele fez, mas de fatos de sua vida pessoal:


1 - Alfredo James Pacino, nascido em 1940, filho de ítalo-americanos sem dinheiro algum (seu pai nasceu em Corleone, na Sicília) viveu toda sua infância no Bronx, um dos bairros mais pobres e violentos de Nova Iorque, conhecendo e vivenciando  a miséria e o crime.


2 - Vivenciando sérios conflitos familiares, aos 17 anos fugiu de casa, tendo, para se sustentar, que trabalhar numa série de empregos de baixa remuneração, como garçom, mensageiro, zelador... Mesmo assim, ficou diversas vezes desempregado.


3 - Conheceu como raros atores o lado negro da vida. Começou a fumar e a beber com 9 anos de idade e envolveu-se em brigas de bairro durante toda a adolescência. Na década de 60, foi preso por posse ilegal de arma, e, após, resolveu tentar a sorte na Sicília, Itália. Mas a situação ficou ainda pior, e teve como única saída para sobreviver se tornar garoto de programa.


4 - Para desenvolver seu talento como ator, fazia teatro de garagem.


5 - Ficando diversas vezes sem teto, dormia na rua, no cinema ou em casas de amigo.

6 - É um grande fã de música clássica.

7 - Também é um grande fã de literatura, principalmente de Shakespeare, Dostoiévski e Tchecov.

8 - É um ator considerado malquisto em Hollywood, por se declarar abertamente avesso aos seus jogos de estrelismos. Foi, por isso, injustiçado diversas vezes nas premiações do Oscar.

9 - Nunca abandonou suas raízes teatrais, atuando muito em teatro até hoje.

10 - Por fim, segundo suas próprias palavras: “Eu era realmente um ator das ruas, um cigano, sem casa e sem dinheiro. Vivi em espeluncas, albergues e hotéis de segunda. Para mim, qualquer coisa que tivesse água corrente era um paraíso... Sei que venho das ruas e não tive educação formal. Foi ler que salvou-me a vida."




Nenhum comentário: