12 fevereiro 2013

Rápida Explicação sobre o O Homem que Tinha a Razão


Tendo em vista que alguns leitores me enviaram e-mails em que demonstram que não estão entendendo o espírito do texto publicado abaixo, levando-o a sério, ao pé da letra, esclareço: esse meio-conto na verdade é uma ironia, um texto completamente sarcástico, uma crítica debochada dirigida àqueles que se imaginam donos da verdade e que acreditam que podem determinar o que é correto ou não, segundo suas próprias opiniões e julgamentos subjetivos.

3 comentários:

Nadine Granad disse...

Hahahaha... resta-me rir!...

Sinal de que o conto é muito bom ;)

Beijos =)

Cristina disse...

Gracias por la aclaración, yo lo había entendido así.
Te dejo un fuerte abrazo.
PD: En algunos casos el traductor me entrevera es sentido de las palabras y se torna dificultoso interpretar el sentido de tus publicaciones... cosas que pasan.

Raquel disse...

Mas isso estava mais que evidente!