01 dezembro 2012

Mensalão: Esperança ou Só Vingança

Alguns otimistas de direita estão afirmando que a condenação dos corruptos do PT no caso do "mensalão" inicia uma nova era no país, onde a impunidade da corrupção será efetivamente combatida. Ou o dizem por ingenuidade ou por maldade. 

Ora, o mensalão foi uma exceção. Cada vez mais me convenço de que as condenações contra os membros do PT, ainda que merecidas, apenas ocorreram exatamente por se tratar do PT. O ódio da direita contra o PT, e aí se inclui quase toda a grande mídia brasileira, é algo homérico. Jamais haverá tanta dureza e rigor no julgamento de outros casos de corrupção. 

Querem um prova? Deixo uma noticiazinha publicada em um canto de página do jornal Correio do Povo do dia 29 de novembro. Confira:

"CPI do Cachoeira pode acabar em pizza - A CPI do Cachoeira corre o risco de terminar em pizza, sem a aprovação final com as conclusões das investigações. Mesmo após o recuo do relator Odair Cunha (PT-MG), que desistiu de pedir o indiciamento de cinco jornalistas e a investigação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, parte da base, capitaneada pelo PMDB, uniu-se ao PSDB e ameaça derrubar e sequer votar o texto."

Vejam só, o PSDB, que tanto alardeou durante o julgamento do mensalão que a corrupção deve ser duramente combatida, exigindo justiça e rigor nas condenações, agora quer fazer com que a CPI de um dos maiores corruptos da atualidade vire pizza. Por quê? Porque agora o julgamento não se refere mais ao PT, mas a setores ligados com a direita em que se inclui o próprio PSDB e jornalistas de uma certa revista amiga dos tucanos... Sim, exatamente, a Veja. Quanta hipocrisia, hein!

E onde está o "nosso herói", ministro Joaquim Barbosa? Acho que no Brasil, nem  o Chapolin adianta.

3 comentários:

Janice Adja disse...

Hoje a direita é o PT.
Esta condenação é uma boa maquiagem, para mostrar que fazem algo contra a corrupção.
É tanto que alguns vão apenas nos finais de semana. Quando o comércio, o Senado e o Ministério estão fechados.
beijos!!!!

JÚLIO GARCIA disse...

Prezado amigo, discordo apenas da colocação sobre condenação 'ainda que merecidas' aos membros do PT. Sequer uma prova, uma só, constou dos autos do processo. Zé Dirceu e Genoino, pelo menos, foram condenados pelo que representam, não por seus supostos erros. De resto, esse foi um julgamento de exceção, ao arrepio da Lei, do Estado Democrático de Direito. Um julgamento político, arbitrário, revanchista, que merece o repúdio de todos os libertários e cidadãos conscientes e democráticos do mundo.

Weimar Donini disse...

Caro Reiffer.
Esta história toda só comprova o que a História nos ensina. No Brasil, muda-se para nada mudar!
Ética? Mudanças de hábitos? Moralidade? Engane-se quem quiser. Eu, fora!
Enquanto existir um frentão chamado pmdb (assim mesmo. Em minúsculas), nada mudará. E a corrupção na máquina pública continuará. Para que eles irão disputar eleições. Diga-me, para quê? É preciso?
Estão sempre no poder, nas sombras, nos bastidores. É composto de alas que flertam com as mais diferentes matizes. Tanto faz se direita, se esquerda, se centro, eles estão sempre lá. Ou não? Tem até uma chamada 'ala ética', para o caso de eventualmente, remotamente, a ética vencer a corrupção na política e nos cargos públicos.