07 agosto 2012

O Momento Oportuno

o momento mais oportuno
é aquele momento
que não é oportuno a ninguém:
é assim que se vai mais além

deixar que se espere
até quando já não mais se espera
é a forma mais severa
de se provar que se é grande
surpreender na batalha
quando se pensa
que não há batalha alguma
é já estar na batalha adiante

o silêncio
prolongado ao intolerável
deixa de ser silêncio
e se torna ausência
(sendo então um auge
do que consciência)
e quando for absoluta a ausência
é o instante de falar...
onda imperceptível
que se torna maremoto
desde o invisível do mar

o que não... é o que há.
quando deixar claro
que não é,
então será

4 comentários:

Albuq disse...

O momento oportuno é sempre o inimaginável!
Muito legal!

"o que não... é o que há.quando deixar claroque não é,então será" gostei!

Marisete Zanon disse...

Menino, mas tu é ótimo! Ficou maravilhoso o poema!
Um abraço.

Albuq disse...

Passando prá desejar uma ótima quinta!

Ligéia disse...

Oi, Reiffer... Ótimo poema. Misterioso... Sempre é!