31 julho 2012

Rapidamente, sobre Beethoven

‎"Seu caráter íntegro e independente suscita contra ele uma hostilidade cega, a estranheza de sua obra, que não pode ser tratada com desprezo, faz com nasça uma mistura de ódio, incompreensão e obscuras invejas." 

Bernard Fauconnier escrevendo sobre BEETHOVEN, em sua biografia sobre o Gênio de Bonn.

5 comentários:

Albuq disse...

Ele foi brilhante, sua obra o faz viver até os dias atuais.

*Escritora de Artes* disse...

Eu adoro Beethoven e Mozart!

Abçs

Graça Pereira disse...

Os génios são sempre invejados...por outros e por aqueles que não conseguem nada na vida!
Boa semana.
Graça

Natália Campos disse...

Beethoven é estupendo! Não canso de dizer que é sempre muito bom passear pelo seu blog, pois contém postagens maravilhosas.

Beijos, meu caro Reiffer! ;)

helen ps disse...

O que sempre acontece com os gênios. São incompreendidos pela massa que caminha a passos lentos, ao passo que eles se situam sempre mais alto e mais longe. A música de Beethoven é perfeita. É o estado de alma mais elevado possível neste mundo de matéria que vivemos. Poucos são capazes de entender e sentir isso.

Abraços.

PAZ e LUZ