07 março 2012

NASA anuncia que asteroide pode impactar a Terra. E Edgar Allan Poe.

Em 1839, Edgar Allan Poe escreveu um conto filosófico relativamente pouco conhecido, intitulado  A Palestra de Eiros e Charmion. O conto, como o nome indica desenvolvido em forma de diálogo, trata da aproximação de um astro fatal ao nosso planeta, que, mesmo não se chocando, foi ocasionando catástrofes e cataclismas apocalípticos que levaram ao fim a humanidade. Quem conhece a fundo a obra de Poe sabe de sua assombrosa capacidade de prever, compreender e desvendar os mais diversos fatos, adiantando-se a todos, indo muito além dos limites literários. 

Eu mesmo já escrevi vários contos que tratam da aproximação sinistra de astros diversos. Porém, é óbvio, sem a maestria de Poe. Dentro dos meus limites. Recentemente, o tema foi retratado no cinema através do sensacional e depressivo filme Melancolia, de Lars Von Trier.

Quem acompanha os noticiários científicos, percebe que de tempos em tempos, a NASA divulga alguns alertas e informações acerca de possíveis choques de asteroides. Cada vez mais reais e assustadores. Se eu dissesse que tais informações são algo como uma preparação de terreno para algo muito pior que eles sabem mas que não podem revelar para não causar pânico na população, seria tachado de louco ou coisa do tipo. 

A última notícia relacionada ao fato é a seguinte: Asteroide poderia impactar a Terra em 5 de fevereiro de 2040, assegura a NASA.  Clique sobre o link para saber mais. O curioso é que tais notícias são bem pouco divulgadas, não obstante se refiram ao futuro de toda a humanidade, de todo o planeta. Sei que saiu algo a respeito na página 26 da revista Isto É desta semana. Bem discretamente. Por que será? 

Para finalizar, deixo um trechinho do conto de Poe: 

"A catástrofe propriamente dita, como falaste, era por completo imprevista; mas desgraças análogas foram, por longo tempo, objeto de discussão entre os astrônomos."

4 comentários:

Marcus Vinícius Manzoni disse...

Salva de palmas!

Milton Ribeiro disse...

A gente obedece rapidinho:
http://sul21.com.br/jornal/2012/03/uma-pedra-do-tamanho-de-um-estadio-de-futebol-pode-atingir-a-terra-em-2040/

lucas repetto disse...

Para cada início um fim!

Não me desespero.

Ligéia disse...

Assim falou Edgar Allan Poe...!