29 janeiro 2012

O Julgamento Final, de Hieronymus Bosch

Tríptico pintado (provavelmente em 1482) pelo gênio da pintura, e meu pintor favorito, o holandês Hieronymus Bosch. O quadro encontra-se na Academia de Belas Artes de Viena. Para melhor visualização, clique sobre a imagem. Sem mais palavras.

5 comentários:

Davi Machado disse...

Genial mesmo!

Zélia Guardiano disse...

Realmente extraordinário, Reiffer!
Incrível, mesmo...
Abraço, amigo

Raquel disse...

Muito bom gosto! Ele é demais. A pintura holandesa tem muita qualidade.

Ligéia disse...

Pintura inquietante!

beijos.

Victor Said disse...

Há uma perfeita combinação entre o equilíbrio e o caos ao observar "O Julgamento Final" de Bosch. Do alto a clareza dos santos e em terra a purgação e o desespero dos imperfeitos. Santidade e insanidade, paz e dor, bonito e feio, ódio e amor. Bosch nos revela a face de nossos demônios e ao mesmo tempo nos acalanta com a presença sóbria da Virgem Maria ao lado de Cristo.

Uma bela pintura, realmente.