21 janeiro 2012

O Fatal do Gatilho

para que se adiantar ao adiante?
(deve-se
é se calcular o próximo instante...)
por que querer que o que virá
seja o que é?
saber aguardar
é dar um palmo de calma ao coração
e não trocar os palmos dos pés
pelas palmas das mãos

o dia 07 de maio de 2014
será em 07 de maio de 2014
e aquilo que não for
para ao nunca ser
é o que é o triste:
a tristeza
é o que nunca viste

que se saiba esperar...
há momentos de se pressionar o medo
sobre o equilíbrio do trilho
há momentos de se pressionar o dedo
sobre o fatal do gatilho

5 comentários:

Marisete Zanon disse...

Saber esperar. Com o tempo eu estou aprendendo...Muito bom!
um abraço

Ira Buscacio disse...

Dar um palmo de calma... nobre arte!
Gostei muito, bj

Victor Said disse...

Um poema é algo que sempre instiga o leitor, algo que atinge a alma e que revira o que temos guardado e organizado. E o seu poema me atingiu com tamanha força que nem sei por onde começar. É fato que 07 de maio é conhecido como o dia do silêncio, mas por qual motivo o ano de 2014? Uma profecia? Que seja! É exatamente isso que me encanta: o mistério.

MIRZE disse...

Bárbaro!

Parabéns pela magia da sua poesia. Saber esperar é difícil quando a hora é de apertar o gatilho.

Beijos

Mirze

Ligéia disse...

Somando-se os algarismos de 2014, obtem-se 7...

Tudo tem seu momento.

beijos.