06 janeiro 2012

Gosto de Não Ser Entendido

gosto de não ser entendido
é bom não ser o que se é
(é o que mais me faz sentido)
que a poesia é para se ser
(independente de acessível ou grega)
e isso chega

além do mais
(poesia é só sinais)
por que querer que eu seja
o que sou aqui?
sou no verso que deixo
mas não sou o que deixo do verso
e meu vou muito mais disperso
e falo do que não é meu eu
porque somente sou
e bem mais o que se perdeu
mas o verso fica
e eu não irei junto com ele
portanto não me confundam
com o que eu disse
e vice-versa e versa-vice

as palavras que fatalmente digo
nem sei se estão comigo
elas vieram e eu as disse
como o mafioso que atira
porque tem que atirar
(é sua função
como quem vive aspira (a)o ar)

porém
cada palavra é calculadamente meditada
(me ditada)
que tudo (tudo) é cálculo
por mim mesmo feito
ou de algum jeito
(talvez de outrem
ou talvez imperfeito)
captado
e este mesmo poema é um plano
não me executado

(talvez meu talvez não
talvez um nada
talvez prenúncio
de um furacão)

não é meu eu que se é
o que sou não sou o que sei
o que me conduz...

talvez eu seja
meu poema
daqui a um ano-
luz...
ó luz

7 comentários:

lucas repetto disse...

É! Eu também.

Parabéns pela perfeição humana de cada verso e demonstração de você - demasiado humano.

Raquel disse...

Gostei.
Se eu fosse poeta... eu diria:

"portanto não me confundam
com o que eu disse
e vice-versa e Versos visse"

Rosa Mattos disse...

É sempre bom dar luz ao que possa se esconder nas trevas da compreensão.

"é bom não ser o que se é"

Curiosamente, o personagem do meu último texto, deseja exatamente o contrário.

Raquel disse...

Achei o vice-versa que você usou no trecho que destaquei muito sugestivo. Ao falar sobre sua poesia, achei legal brincar coma palavra verso. Mas confesso que não sei se eu optaria (na minha versão) por "versos visse" ou "verso ouvisse". O fato é que ver ou ouvir versos denotam claramente a atividade de prestar atenção à sua poesia. Mas, como eu disse, não sei fazer poesia de qualidade. Achei o seu blog fantástico! Eu tenho um amigo para quem enviei seu poema "a Dante Alighieri" ontem (via facebook). Vi a capa do livro ao qual ele pertence. Coincidentemente, é a imagem há tempos enviada por esse meu amigo, exatamente a mesma pintura de Bosch, quando citava o Eterno Retorno de Nietzsche. Estou certa de que vocês conseguiriam conversar horas a fio sobre poesia de grande qualidade.

Ligéia disse...

Então
Poesia não é
só inspiração
É trabalho árduo
construção.
Como edificar uma casa.
Tudo é calculado,
Feito com precisão.
É a teoria da composição.
No final
Poe tinha razão.


Beijos!

Victor Said disse...

O entendimento nem sempre é necessário. Talvez entender tudo seja coisa para sábio. Eu já prefiro o sentimento. Um sentimento natural que surge sem premeditação, vem com o vento e simplesmente beija a face. Dizem que poesia é isso: aquilo que chega sem saber de onde vem, sem saber.

(passando para beber de minhas doses diárias de poesia)

Anônimo disse...

ano-luz é medida de distância, não de tempo