05 setembro 2011

Peso

leve contigo
o que não tenho
o que não pude
o que não vou
o além do meu além de te deixo
em inúteis transcendentais
leve contigo o meu mais
e o meu não sou

leve contigo o meu limite
o que não será no meu destino
tudo aquilo que nunca me trará um sim
leve contigo o meu acima
e o meu fim

leve contigo
o que não poderei falar-te
o que não chego e o que fracasso
leve te seja a minha arte

leve contigo
o que nem minha alma escreve
o que não pude deixar leve pelos ares
leve te sejam os meus pesares
no teu voo leve...


6 comentários:

Katrine disse...

Ao dizer estas palavras, me faz pensar que se referia ao vento, ao tempo, de qualquer forma. O único que pode nos tirar e também a colocar peso sobre nossas costas.

Poesia de palavras profundas.
Uma ótima semana! =)
Até mais.

Meme Vergara disse...

leve te sejam os meus pesares
no teu voo leve...

excelente!!!!

MIRZE disse...

NOSSA QUE LINDO!

"leve contigo o meu mais
e o meu não sou"

DEMAIS E DIZ MUITO!

Poeta, você é único!

Beijos

Mirze

Sandra Botelho disse...

Lindo demais meu amigo. Bjos achocolatados

Ligéia disse...

Suave, leve, belíssimo...!

Felipe S. disse...

"leve contigo
o que nem minha alma escreve
o que não pude deixar leve pelos ares
leve te sejam os meus pesares
no teu voo leve..."

Intenso e lírico! muito bom!