07 abril 2011

do Amor

o amor é a verdade
(sem) vista pelo espelho...

é um shakespeare tóxico
o amor é um paradoxo:

é fraco como a sorte
e forte como a morte

13 comentários:

Camila Monteiro disse...

Que coisa, o amor é forte como a morte... ele causa essa sensção mesmo... Otimo texto!

Raíz disse...

Reiffer!

Que lindo poema! Quase nunca falas de Amor. Mas quando fala, precisei prender a respiração!

É isso mesmo!

Excelente!

Beijos, poeta!

Mirze

VaNê disse...

Descreveu em poucas palavras, mas perfeitamente a dor que a gente sente...

Bjs, lindo!

Ju Fuzetto disse...

Tão intenso e verdadeiro. bjo

CARLA STOPA disse...

Indiscutivelmente dialético...Meu abraço, amigo.

Evanir disse...

Sua visita me deixou feliz e encantada ao mesmo tempo .
Falar de amor é sempre tão dificil pelo menos para mim adorei seu texto e fiquei encantada com a beleza do seu rosto.
beijos meus,Evanir.
http://aviagem1.blogspot.com/

Ingrid disse...

a mais pura verdade Reiffer..
beijo

Ana Martins disse...

Bela definição!

Beijinho,
Ana Martins

Shirley disse...

Poema conciso e verdadeiro. Gostei da analogia. Beijo, reiffer!

Katrine disse...

Olá! Retribuindo e agradecendo sua visita ao meu blog.

Lindo poema. Poucas palavras, inúmeros sentidos.

Abraços e bom final de semana!

Marcio Nicolau disse...

amor é fortaleza.

angela disse...

Uma boa reflexão sobre o amor.
beijo

Agnes Mirra disse...

Lacônico...Destruidor!