15 março 2011

Sem Energia Elétrica, a Humanidade não é Nada

Não é. E o que está acontecendo no Japão é uma prova disso. O Japão, um dos países mais desenvolvidos do planeta, líder em tecnologia de ponta, com uma ciência avançadíssima, potência mundial, está agora mendigando. E não é principalmente porque o terremoto e o tsunami destruíram casas, prédios, veículos, portos, fábricas e mataram milhares de pessoas. O principal motivo da penúria japonesa é que não há energia elétrica para mover nada, nada mais funciona nas regiões atingidas pela catástrofe. Sem energia elétrica, a humanidade faz o quê? Nada. Eu não poderia, por exemplo, estar publicando este texto. Até já escrevi um conto sobre o assunto. Isso parece algo óbvio, e é, mas as pessoas parecem não se dar conta. Não estão preocupadas com um possível colapso de energia, que pode ocorrer em qualquer local do planeta.

A verdade é que a humanidade está desesperada por mais energia. A construção de uma usina nuclear é um ato de desespero. Todos sabem das funestas consequencias de um possível vazamento de radioatividade. Por mais tecnologia que esteja envolvida na construção de uma usina, nunca haverá segurança total. O Japão que o diga.  Porém, a humanidade quer e precisa de mais e mais energia, necessita se manter em seu implacável e caótico crescimento e "desenvolvimento". Por esse motivo, corre o risco das usinas nucleares. E constrói mais e mais hidrelétricas, que acabam com quilômetros e quilômetros de florestas virgens, como ocorre aqui no Brasil. E extrai mais e mais petróleo, até a exaustão. E assim vai. Um dia o planeta não mais suportará. Enquanto isso, as fontes limpas e renováveis de energia, como a solar e a eólica, estão em um estágio de desenvolvimento que eu denomino como risível. Por que será que não se investe nessas fontes de energia?

Continuando assim, um dia ficaremos sem energia elétrica. E voltaremos a ser os bárbaros de antanho. Não, seremos muito pior, porque os bárbaros estavam preparados para sua vida. Nós não estamos. A humanidade com sua ciência não é nada. É um castelo de areia que uma tempestade arrasa.


9 comentários:

Katia Cristina disse...

Amigo, quando falta luz 1 hora fico louca!
Realmente não estamos preparados para o futuro negro que nos espera...
Mas... vamos aguardar.

S.tephanie M.ello disse...

Sim, sem energia elétrica não somos nada!
Eu sou fascinada por ela. Tanto que até fiz um curso de eletrotécnica. rsrs

Nós damos sorte porque temos bastante água para produzir energia hidrelétrica... O Japão, que necessita do Urânio se põe numa situação muito arriscada.

É muito triste a situação deles.
Se não fosse a energia elétrica, tudo pararia, mas tenho certeza que as pessoas conversariam mais...

Sempre que falta luz aqui, as pessoas vão para o portão e começam a conversar. É muito legal.

A parte negativa são os meus aparelhos elétricos desativados! xD

Ligéia Alone disse...

Sem energia elétrica até que daria pra viver. Com fogo e água a humanidade ainda pode viver bem e com conforto. Seria uma questão de adaptação à nova situação. Tudo recomeçaria. Tudo. Uma nova era. E não temos mais tanta água assim não. A humanidade está arrogante demais, acha que é poderosa demais, para acabar com a Natureza. Uns tolos. Pobres tolos.

Vieira Calado disse...

Aqui cheguei pelo "Lotus Florescente"

E já vi que nos une o gosto

pela grande música.

um abraço

Sonia disse...

Disse tudo!
Os bárbaros estavam preparados para sua vida. Nós não estamos.
Estamos sim, perdidos...

Fantástico seu blog!

Um abraço.

CARLA STOPA disse...

Parece que toda tristeza do mundo mora em mim ,hoje, pelo Japão...Impotente potência...Caos e escuridão.

Agnes Mirra disse...

Eu li ao som da banda Disturbed,com a música "Another way to die"... Deu uma angústia...

Kássia Reis disse...

Gostei muito do seu texto ( e do seu blog).Também fico indignada com a falta de incentivo às fontes de energia limpa e renovável. Essa desgraça que atinge o Japão é uma amarga lição à Humanidade mas parece que não está sendo suficiente, tamanha dor. Enquanto em países como a Alemanha a questão da energia nuclear será revista, aqui no Brasil as autoridades já disseram que nada será alterado no programa de energia nuclear. Deus nos ajude! Só lamento muito pelo povo japonês que dá um exemplo magnífico de civilidade em meio ao caos. Eles não mereciam passar por isso. Estou profundamente triste com isso tudo.

nhala disse...

o seu artigo é muito reflexivo, desperta a consciência das pessoas.
pois, somos demasiadamente consumistas,pesando que os recursos na natureza são infinitos(...)!
o blog é muito inteligente.
Um abraço!