02 novembro 2010

Cantiga para não morrer

Ferreira Gullar é um dos mais importantes poetas brasileiros da atualidade. Nascido em 1930, em São Luís do Maranhão, ainda vive e escreve, e sua poesia é conhecida internacionalmente. Sua obra é vastíssima e adentra-se em diversos estilos e nas mas variadas temáticas. Vai do Concretismo ao Romantismo. Na imagem, o quadro "O Canto da Sereia", de Waterhouse. No Dia de Finados, não falarei em Fim. Pelo contrário, deixo uma "Cantiga para não morrer", de Ferreira Gullar. Que pena que não é minha...


Cantiga para não morrer

Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve.

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.

Ferreira Gullar

7 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Divino, maravilhoso, meu querido!
Assim, sim, é que se vive o dia dos mortos: com Ferreira Gullar, este monstro sagrado!
Abraço

Richard Mathenhauer disse...

Reiffer.

Conheço pouco, por opção, a obra do F. Gullar. Mas, esta escolha sua foi feliz.

Abraços,

Gisa disse...

Reiffer, Ferreira Gullar é fundamental!
Levar no esquecimento é uma figura por demais forte, definitiva e inesquecível.
Linda escolha!
Bjs.

Mai disse...

Gosto muito do Gullar, Reiffer.
Ele tem coisas geniais, inusitadas em sua obra.

grande abraço

Graça Pereira disse...

Simplesmante, maravilhoso!
Ainda bem que hoje não falas no Fim...
Apetecia-me um dia diferente, na consciência do dom da vida, na partilha do melhor que tenho.
Apetecia-me abraçar, pela memória, os que amei e já partiram e neles encontrar a paz e o sentido da vida, ainda que misterioso...
beijos
Graça

Vampira Dea disse...

Acho engraçado essa entrega de pedir pra ser levado rsrsr, lindo mas já vi viúva chorando de dor amor e saudade pedindo pro morto levar, tomar escorregão e cair no buraco desesperada pedindo pra ser salva rsrsr
Queria mesmo era estar no México me acabando de dançar e comendo coisas gostosas

Aмbзr Ѽ disse...

demais esse poema.

http://terza-rima.blogspot.com/