24 setembro 2010

Venda o Seu Voto!

Sabem, estive pensando... Os eleitores deveriam vender seu voto. Sim, é uma forma de valorizá-lo. A melhor forma. Afinal, por que não vender o voto? Se o voto é meu, se é um direito que tenho, deveria fazer dele o que eu quisesse. Estive pensando e acho que sou um burro em não vendê-lo. Por que devo dar de graça meu voto? Para depois o cara que for eleito ir lá  enriquecer às minhas custas? 

Além do mais, há muitos que vendem suas casas para colocar propagandas de candidatos, alugam automóveis para saírem nas ruas enchendo o saco com suas musiquinhas ridículas. Vendem seus serviços para fazer campanha. Vendem espaços em seus jornais, vendem seus blogs, vendem suas opiniões, enfim, vendem tudo. Por que não vender o voto?

E para ser sincero, raros são os homens que não têm um preço. A maioria é comprada por dinheiro. E aí vai depender de cada um. Uns são caros, outros baratos. Alguns se vendem por uma simples caixa de cerveja. Outros por um carro último tipo. Outros por uma fortuna. Mas se vendem. 

Há ainda os que se vendem por fama, por status social, para aparecer mesmo! Há os que se vendem por puro puxa-saquismo,  por simples elogios. Há os que se vendem por favores, por promessas. Há até os que se vendem  para se sentirem mais confortáveis. Enfim, todos tem seu preço. Ou não? Tu tens o teu, leitor?

Então, por que não vender o voto? Agora, não pensem que estou dizendo para vender com sinceridade. Claro que não. Bom, primeiro de tudo, temos que procurar vender somente para aqueles que é sabido que têm muito dinheiro. E nunca podemos aceitar a primeira  oferta. Não, temos que sempre pedir o dobro do ofertado. Quanto mais arrancarmos desses cafajestes, melhor. Ainda que eles não queiram pagar o dobro, vão pagar com certeza um pouco mais do que inicialmente ofereceram. E, por último, e mais importante: devemos ser como os políticos. Mentirosos e traiçoeiros. Vendam o voto, mas nunca, jamais! votem em quem comprou seu voto. É óbvio que esses imbecis não merecem ser eleitos. 

10 comentários:

Juci Barros disse...

De pleno acordo.
Bjs.

DarkViolet disse...

Pôr o voto a leilão ehehhe.
Isso era capaz ser melhor do que gastar rios de dinheiro em propaganda política, cartazes , anuncios televisivos, etc... Pelo menos assim não se lia ou ouvia mentiras.
Deve haver gente sincera na politica, o problema é quem nao o é consegue pintar o quadro todo

Matheus de Oliveira disse...

Hahaha! Grande!

what moonsongs? disse...

Vender o voto é a mesma coisa que votar sem vender. Vendendo o seu voto ou não vendendo colocará os mesmos irresponsáveis no poder, e você apenas continuará reclamando dos problemas sociais de sempre e mesmo assim ainda votará outra vez pra eles, deixando decidirem as coisas por voce, ou seja, é um círculo vicioso. Seu e deles.

what moonsongs? disse...

Vote nulo e se liberte.

A. Reiffer disse...

Prezado Moonsongs: agradeço a visita e o comentário. Mas você leu até o final? Escrevi o seguinte: "Vendam o voto, mas nunca, jamais! votem em quem comprou seu voto. É óbvio que esses imbecis não merecem ser eleitos."
Abraço.

A. Reiffer disse...

Além do mais, votar nulo ou em branco, vai ajudar quem já está na frente nas pesquisas.

Fernández ♠♠ disse...

Concordo. Acho que nem os proprios politicos valorizam nossos votos, uma vez que sempre traem a confiança que depositamos neles.

http://terza-rima.blogspot.com/

Tania Nascimento dos Anjos disse...

Retribuindo a visita.

Olá, muito bom também o teu! Gostei imensamente.

Um abraço,
Taninha

Tania Nascimento dos Anjos disse...

Impossível não compartilhar este teu post! A ironia simples e direta da linguagem é genial. Parabéns!!