25 setembro 2010

Romantismo Pós-Moderno

quem disse
que o romantismo saiu de moda?
eu mesmo estou aqui
beijando uma mulher que morre...

acariciando seus cabelos dourados
como as areias dos desertos novos...

perdendo-me em seus olhos claros
como luzes de duas bombas atômicas...

aspirando o seu alento morno
como o ar enfumaçado lá dos trópicos...

sorvendo sua saliva macia
como os mares flutuantes de petróleo...

sentindo o sangue pulsar em suas veias
como o golfejo do guará esmagado no asfalto...

dei a ela
esta flor, a mais triste
a flor-esta
devastada...

beijo uma mulher que morre
cujo nome é Humanidade...

10 comentários:

Michelle Buss disse...

Intenso! Parabéns!

Sandra Botelho disse...

Seu beijo pode ser como o beijo de um principe que ressuscita a princesa terra.
Bjos achocoaltados

Lara Amaral disse...

Total pós-moderno, esse é vc, sempre à frente. E impactando sentidos...

Beijo.

Lily disse...

Cheguei aqui, através da Lara Amaral.

Magnífico! Chamou-me por um caminho e entregou-me outro ao final. Caminhei junto, sem pressa e inclusive toquei a mulher.

Um abraço!

Vampira Dea disse...

Muito lindo! E o blog está incrível.

Richard Mathenhauer disse...

Não creio que a Humanidade tenha sido romântica, mas alguns humanos.

Como sempre, ótimo.

Abraços,

manuel afonso disse...

Muito lindo e muito profundo. Eu só consigo antever romantismo nas relações humanas, e esse será sempre intemporal.

Juci Barros disse...

Cheio de simbolismos. Muito bom!
Beijos.

Denise Portes disse...

Reiffer querido,
sempre aprendo com você.
Beijo
Denise

Laysha Vampira disse...

Lindo post.
Sinto a força no que descreve, excitante e delicado ao mesmo tempo.
Parabéns.

Beijos sangrentos da vampira Laysha.