01 setembro 2010

Quando a Água faz Falta...

Dizer que só se valoriza algo quando se perde, seria um lugar-comum. Mas é o que vivenciamos hoje no Brasil. A seca brutal, catastrófica, que vem dizimando florestas, cerrados, lavouras, criações, que vem transformando rios e lagos em desertos, que vem entupindo os céus de todo o Brasil com uma fumaça venenosa (o Brasil, um país tropical, equatorial em grande parte, conhecido pela sua água abundante!) faz agora com que pensemos que a água, a imprescindível água, pode acabar mais rápido do que imaginamos, e quem sem ela a humanidade, obviamente, está acabada. As pessoas pensam nisso. Mas depois, a seca passa, e voltam todos a maltratar a água como sempre fizeram, como estamos acostumados a fazer, como fomos condicionados, ensinados a agir.

Bem, tendo em vista esse momento dramático em nosso país, creio ser oportuno republicar aqui dois poemas meus que tratam do mau uso da água. O primeiro postado foi escrito em 2005. O outro, no ínicio deste ano. Na imagem, um lago quase totalmente seco no estado do Amazonas. No Amazonas, um dos mais úmidos lugares do mundo...

Águas do Fim

águas em marcha
fúnebre
águas de março
seco
águas alvas
brancas
águas claras
de espuma: de ter gente
águas belas?
águas plásticas
chuvas ácidas
gotas trágicas

água da vida?
água da morte
dá medo
dá peste
e morre

a humanidade
e a água:
perdida
acabada.
e o que tu fazes?
fezes,
sem mágica...
e que água que resta?
a Lágrima.

Versos Poluídos

a água do teu lábio
agora já é saliva
a saliva de uma lepra
a saliva do teu lábio
agora já é uma lágrima
e essa lágrima tu sorves
a lágrima do teu lábio
agora já é um sangue
o sangue que te nutre
o sangue do teu lábio
agora já é veneno
o veneno que te vives
o veneno do teu lábio
é a água que tu bebes
e estes versos que vomito
são à água do planeta...

7 comentários:

Katia Cristina disse...

Enquanto isso, parte da nossa floresta Amazônica é leiloada!!
Parabéns povo brasileiro!!!
Você tem realmente o governo que merece!!!

Valéria Sorohan disse...

Que triste imagem do lago do Amazonas. Gostei dos poemas. Mas seus Versos Poluidos ficaram ótimos.

BeijooO*

Alberto Ritter Tusi disse...

"quero saltal en el agua pra caer al cielo".

Neruda.


Água é vida. Mas, essa foto é a capa do "natural disaster" do Anathema só que sem photoshop. hehe

Abraço.

Vampira Dea disse...

Vc consegue transformar a tristeza em beleza.E toda sua indignação em poesia.

Lua Nova disse...

Somos água... e sem ela, morremos... mas parece que a irresponsabilidade humana beira a loucura.
Importante lembrança, lindos poemas. "Águas do Fim" é muito lindo.
Beijokas.

Aмbзr Ѽ disse...

amei muito seu poema... falar sobre águas usando de analogia é algo lindo sempre.

dificil falar de poemas aqui que marcam, pois todos marcam. esse ficou mais que marcante.

http://terza-rima.blogspot.com/

Daniela Delias disse...

Quanto ritmo!!! Lindo...