18 agosto 2010

Para que Dizer Algo?

deixai-me não dizer nada:
por que devo dizer alguma coisa
se o melhor que digo é o que não digo?
o que importa é o que se oculta no meu verso
é a palavra que não está lá
o que importa é a porta
que o verso abre ao não-dito
o que importa é o destino
dado por quem lê
ao que não foi escrito

o verso é enigma que se resolve em si
ele mesmo é que se escreve
nas cadências do impossível:
de independentes hieroglifos
o verso se torna mais brando
ou mais terrível...

por isso não digo nada:
deixo o verso dizer por mim
ou por si
o verso é um silêncio que canta sozinho
só ele percorre a estrada
e o que há
entre o olhar e o caminho...

para caminhar no que sinto

por um labirinto...
então escrevo além da minha consciência:
por que dizer algo
se o próprio Deus
é o mistério da ausência?

6 comentários:

Agnes Mirra disse...

Pra que dizer algo??? Simplesmente inebriante!

Michelle Buss disse...

Fantástico! Com a intenção de não dizer nada, disse tudo! A poesia fala por si só...

Mirze Souza disse...

Reiffer!

A palavra não dita, a flecha não arremessada, sempre dizem mais que os versos.

Lindo e profundo!

Muito BOM!

Abraços

Mirze

Fernández ♠♠ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernández ♠♠ disse...

Vc tem um toque Modernista muito forte!
Para que dizer algo, se o poema fala por si só?

Lara Amaral disse...

Uau, seus últimos versos me silenciaram! É sempre assim, a sabedoria está em quem sabe observar silente a pausa entre um verso e outro, entre uma folha seca e outra que cai.

Beijos.