09 maio 2010

Mãe é Mistério


Mãe é aquela que está onde não se vê
mas Ela sempre está
e Ela sempre vê...

quem pensa o que é a Mãe
só de pensar já não sabe:
acima do pensamento
é que a Mãe se ergue e se Alma
pelo todo do eterno
e a cada momento...

quem sente o estar de sua Mãe
não sente que nesse sentir
está de sua Mãe o além
e isso não entende ninguém...

Mãe é só uma em duas:
a que está aqui e a que está lá:
a que está aqui é metáfora
a que está lá é ideal:
e só esta é que sabe
o que é o bem e o mal...

e por sabê-lo é que ama e ensina
ainda o que não entendemos:
a Mãe ao segredo destina
o que do alto e do fundo nos vem...

a Mãe...
amém.

(Na imagem que acompanha o poema, o quadro "A Assunção da Virgem" de Ticiano.)

7 comentários:

Elaine Barnes disse...

Uma beleza! Mãe tem um sexto sentido aguçado para os filhos. Quando não vemos,sentimos.É um elo indecifrável de amor incondicional. Erramos tentando acertar,mas, no fim Deus dá uma forcinha. Montão de bjs e abraços

Denise Portes disse...

Lindas palavras!
Beijos
Denise

Richard Mathenhauer disse...

Reiffer.

Bonita homenagem às mães.
Tive sorte de ter duas. Uma já se foi. Creio esteja de volta ao Mundo Ideal (voltando à fonte de um lugar platônico de onde, quem sabe, tenha vindo passsear por esse que deixou).

Com admiração,

Vampira Dea disse...

Lindo texto. Sou mãe e não enxergo mistério em mim rsrsrs amor, abnegação e muito trabalho, essas coisas são misteriosas?

Sonhadora disse...

Meu amigo
Lindo poema, uma linda homenagem.

quem sente o estar de sua Mãe
não sente que nesse sentir
está de sua Mãe o além
e isso não entende ninguém...

É isso mesmo o sentir de uma mãe, só ela o pode entender.

beijinhos
Sonhadora

Patricia s2 disse...

Lindo texto e bela escolha na imagem.
Mãe é um pouco de tudo...
Adorei seu blog.
Bejuxus!

Juci Barros disse...

A duakidade, a "onipresença", nunca vi texto detal natureza sobre mães. Muito bom.
Beijos.